Hábitos saudáveis a vida toda

Longevidade com qualidade de vida é possível sim. Muitas pessoas mantiveram uma vida ativa por anos e abandonaram tal hábito com a chegada da idade mais avançada ou mesmo da aposentadoria. Sabemos que manter uma boa rotina de atividades adequada ao nosso perfil físico e emocional é fundamental para alcançar a longevidade com qualidade de vida.

As emoções e a relação com a arte

De acordo com um artigo publicado no Journal of Clinical Psychology (Inglaterra), as pessoas com o hábito de manifestarem ou colocarem a tona suas emoções por meio de atividades artísticas como a pintura, a escrita, a dança e a música, tendem a viver mais e melhor, tendem a serem felizes e mais saudáveis quando comparadas com quem esconde ou oprime sentimentos e emoções. Vamos lá, viva mais e melhor!

Apoio e representatividade social

Esse é um aspecto sempre presente entre os povos que apresentam os maiores níveis de longevidade. Quando falamos sobre apoio social, estamos tratando não somente da proximidade com familiares e amigos, mas também de atividades voluntárias, como a participação em grupos de apoio (diversos) e a participação mais ativa na sua comunidade (não somente em redes sociais online). Procure inclusive estar presente nos eventos ao ar livre da sua região e por fim, mantenha engajamento em causas sociais.

Os fatores citados acima permitem ir muito além de fazer com que a pessoa continue sempre ativa, nosso cérebro necessita estar em um fluxo constante de atividades, o que é essencial para a saúde mental.

Desapego e equilíbrio

Pesquisas revelam que pessoas que exercitam o desapego, que vivem menos ansiosas e obcecadas com horários, compromissos diversos e bens materiais, mantêm uma qualidade de vida melhor. Um termo muito recorrente além da harmonia é o chamado equilíbrio, que vale aqui em todos os sentidos, da alimentação até a vida emocional.

Atividades físicas

Praticar atividades físicas, assim como manter uma alimentação saudável é crucial. Evitar o sedentarismo é pré-requisito para prevenir o aparecimento de distúrbios relacionadas a idade. Estudos realizados na Dinamarca sinalizaram que uma simples caminhada regular ou uma corrida regular contribuem em muito para aumentar a longevidade em cerca de “seis anos”.

Resveratrol

Há diversos compostos que podem ser associados a rotina alimentar e o Resveratrol está entre os principais. Estudos apontaram que esse polifenol ajuda a aumentar os níveis do colesterol bom (HDL), uma vez que favorece a sua produção pelo fígado. Além disso, ele contribui para uma significativa redução do temido colesterol ruim (LDL). Com isso, temos um excelente agente preventivo atuando em relação às doenças cardiovasculares.

Café e Peixe

O Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos realizou um estudo por meio do qual foi comprovado que o consumo de três xícaras de café por dia ajudam a prolongar a vida. Entre as doenças que foram relacionadas com esse estudo apareceram o câncer de pele e também derrames.

Inclua Ômega 3 na alimentação. A Universidade de Harvard constatou em pesquisas que pessoas com mais de 60 anos devem incluir peixes no cardápio semanal. A presença de ômega-3 no organismo entrega mais longevidade em relação àquelas pessoas que não consumem esse nutriente. De acordo com os pesquisadores responsáveis pela pesquisa, duas porções por semana são suficientes.

Conclusão

Para ter longevidade agregue à sua vida hábitos simples e práticos como os citados. Procure manter em mente que a prevenção é melhor do que remédios, mas sem deixar de realizar ao menos a cada 6 meses uma visita ao seu dentista, médico ou agente de saúde de sua confiança. Assim, no caso de uma eventual doença o diagnóstico e tratamento será mais efetivo, uma vez que foi descoberta ainda no início.

Jeevan é um suplemento 100% natural, contém vitaminas e proteínas essenciais para nossa saúde e qualidade de vida, sendo elaborado especialmente para o desenvolvimento da longevidade com melhor saúde e vitalidade.